SBS – Educação inicia cadastramento de profissionais para vacinação

São Bento do Sul

Na última sexta-feira (30) iniciou o cadastramento dos profissionais da educação de São Bento do Sul para a vacinação da Covid-19. Para isso, é necessário preencher um formulário que está disponível com a direção de cada instituição. Podem se cadastrar todos os profissionais das redes de ensino federal, estadual, municipal, particular e filantrópica.

Conforme o secretário de Educação, Josias Terres, a secretaria ficou responsável em apresentar, distribuir e monitorar o preenchimento do formulário pelos profissionais da educação que trabalham nas instituições educacionais do município, bem como sintetizar as informações e repassá-las ao estado, conforme orientações do Governo do Estado de Santa Catarina.

“Todos os profissionais da educação que atuam no presencial e no remoto devem realizar o seu próprio cadastro no formulário, inclusive os profissionais que por algum motivo estão de licença/afastamento. O cadastro deve ser feito para os profissionais que estão na ativa (efetivos e temporários). Os aposentados não entram nessa pesquisa”, explicou.

Após todos os profissionais da educação realizarem o cadastramento, a Secretaria Municipal de Educação disponibilizará a listagem por escola para conferência das informações. É de responsabilidade dos diretores a conferência e as correções, não sendo possível incluir cadastros nesse formulário depois do prazo do dia 10 de maio.

Posteriormente, esses dados serão encaminhados ao Governo do Estado, que utilizará para o quantitativo da vacina contra a Covid-19 que será disponibilizada aos profissionais da educação. “Salientamos mais uma vez, a importância de todos os profissionais da educação se cadastrarem no prazo estipulado. Mesmo os profissionais que não querem tomar a vacina devem realizar o cadastro, pois é muito importante esse censo do município referente aos profissionais da educação”, disse Josias.

O secretário informa ainda que o gestor de cada instituição deverá fazer ampla campanha junto com seus profissionais para o preenchimento do formulário, monitorando se todos realizaram o cadastro dentro do prazo estabelecido, tanto os profissionais que estiverem atuando de forma presencial, quanto os que estiverem atuando de forma remota.

“Cada profissional deve realizar apenas uma vez o seu cadastro, independente se atua em mais níveis de ensino, em várias instituições e/ou municípios diferentes. O profissional de educação optará por um único preenchimento, comunicando as demais instituições pela opção. A importância do trabalho de todos será fundamental nessa coleta de dados”, destacou Josias.