São Bento do Sul, 21 de outubro de 2019

09/10/2019 08:29

Cezar Miranda

Pro limpo

César Godoy foi libertado ontem à tarde por decisão judicial... Assim como Márcio Dreveck, ele também deve ficar longe da política. Pra sorte da política.

Toma!!!

Soube ontem de uma conversa de cafajestes ocorrida dentro da prefeitura de São Bento do Sul... Resumindo: O caminho pra Mafra deve ser penoso. Só penoso, porque útil não deve ser. Dentro da política, cafajeste não muda.

Bem ruim

Numa planilha encontrada pela Polícia aparece a inscrição: “Acerto político”... Era o preço para ser ‘bonzinho’. Vão se complicar.

Hostilizado

O advogado Giancarlo Grossl passou pelo dissabor de ouvir grito de desagravo em plena rua... Tudo por conta do teor de seu depoimento à Justiça.

Terminou

A eleição de domingo ainda rende (para os perdedores)... Parece até que era para a escolha da rainha da Inglaterra.

Pra acalmar

A Promotora Roberta Gonçalves, da Comarca de Rio Negrinho, gravou vídeo e postou em rede social... Tudo para mostrar que os indignados com a derrota para o Conselho Tutelar não têm razão.

Repercussão

O movimento pela manutenção da SC 418 já está surtindo efeito... O secretário de Infraestrutura do governo Carlos Moisés entrou no circuito. A expectativa é de que agora o problema se resolva.

Ainda rende

Eleições para conselho tutelar em São Bento do Sul e se sabe que candidatos fizeram festas com churrasco antes da eleição e no dia buscando eleitores em sua residência para votar! Isso sim é um absurdo, candidatos eleitos que fizeram isso e irão representar um órgão de proteção às crianças e adolescentes, que deveriam ser bem vistos e respeitados pela sociedade, fazem barbáries para se eleger!

E mais...

Mais uma vez a população vai pagar.. Pagar porque não foram as urnas escolher os representantes do Conselho Tutelar por competência e sim alguns foram carregados pelos próprios candidatos ou seus comparsas em carros para poderem votar! Dizem que isto é democracia, reeleger os que se escondem do trabalho e fingem-se de mortos! Ah é este é o BRASIL tem milhares de leis mas não existe fiscalização.

Meus caros... Respeito a opinião de todos, tanto que as publico. Mas me reservo no direito de também dar a minha opinião.

Para uma eleição onde não se era obrigatório votar, acrescido do tempo chuvoso, o número de votos indica que a liberdade de os eleitores expressarem sua opção nas urnas prevaleceu. Casos isolados, se ocorridos, deveriam ter sido denunciados no curso da votação. Olhar agora o resultado final e fazer ilações me parece extremamente simplista.

Vejo por mim. Saí de casa por meus meios próprios e fui votar em quem acreditava ter capacidade de desenvolver um bom trabalho nesta área. Como eu, a imensa maioria deve ter feito o mesmo.

 

Imagens relacionadas

Cezar Miranda
  • Imprimir
  • Entrar em contato
  • Link:
Todos os direitos reservados Cezar Miranda