São Bento do Sul, 25 de junho de 2019

11/06/2019 10:09

Espeto

Mundo animal

Os vereadores discutiram pelo menos por meia hora, sobre o projeto do prefeito Magno Bollmann, que repassa R$ 5 mil para a Associação de Proteção aos Animais – APA. A grana é curta, mas para uma administração que já gastou em cinco meses, pelo menos R$ 90 mil em diárias, bem que poderia ser maior o valor.

Mundo animal II

O vereador Marco Redlich, justifica que a prefeitura já realiza um trabalho de castração de animais, principalmente cachorros. Somente em um ano já foram feitas 600 castrações.

Mundo animal III

Agora se todos os donos de animais não abandonassem e cuidassem melhor de seus bichanos, não era necessária essa discussão toda. Para o vereador Edi, quem abandona um animal já tem vaga garantida inferno, o que eu concordo.

Mundo humano

A prefeitura de São Bento do Sul sempre está reclamando que falta dinheiro para tudo. Mas se fossem cortados pelo menos uns 10 cargos comissionados de ‘chefe de divisão’, já economizaria pelo menos R$ 500 mil por ano, e R$ 2 milhões em quatro anos.

Mundo humano II

Isso sem falar dos demais cargos em comissão, como por exemplo, os de assessoria de gabinete e jurídicos, que em um ano somam R$ 600 mil. Até por que acredito que os servidores efetivos fariam todo esse ‘trabalho’ desses tais comissionados.

Aprovado

Os vereadores aprovaram o projeto de lei de autoria do vereador Fernando Mallon –MDB para que conste na fatura da água os valores da TBO.

Apelo

Moção de apelo do vereador Edi, endereçada ao governo do estado e a Alesc, se manifesta contrária pela manifestação contrária a intenção do Governo Federal na incorporação da Eletrosul pela Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul. Edi também quer saber informações sobre o valor arrecadado pelo município em multas de trânsito nos exercícios de 2018 e 2019.

Apelo II

Outra Moção de Apelo do vereador Godoy, endereçado a Alesc, pede que os deputados votem pela manutenção das Turmas de Recursais da forma em que se encontram hoje, rejeitando portando o Projeto de Lei Complementar apresentado pelo Egrégio Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Perguntar não ofende!

O vereador Daguimar Nogueira – PSB não é da base de apoio ao prefeito Magno Bollmann. Entao por que cargas d´águas ele apresentou um requerimento solicitando cópia do contrato d prestação de contas do contrato entre a secretaria de saúde e o Hospital São Vicente de Mafra. Não era mais fácil pedir pessoalmente para o secretário Dr. Manuel Del Olmo.

Contra

Nota conjunta inédita no Estado, assinada pelos presidentes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público Estadual, do Tribunal de Contas, da Fecam e reitor da Udesc criou o principal fato político do mês. É contundente na crítica ao projeto do governador Carlos Moisés, de redução de 21,88% para 19,69%. E agora!

Vai fechar

Um estudo técnico realizado pela Procuradoria Geral de Justiça concluiu que a redução dos recursos destinados ao Ministério Público de Santa Catarina, na proposta original do governador Carlos Moisés da Silva que tramita na Assembleia Legislativa, vai provocar o fechamento de todos os Gaecos, de 63 Promotorias de Justiça.

 

Imagens relacionadas

Espeto
  • Imprimir
  • Entrar em contato
  • Link:
Todos os direitos reservados Cezar Miranda