São Bento do Sul, 02 de julho de 2020

30/06/2020 07:55

Festival de Cinema atraiu 23,4 mil pessoas on-line

Jaraguá do Sul

A terceira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul reuniu 23,4 mil pessoas, de acordo com a Comissão Organizadora. No dia da estreia (25), as 48 exibições contaram com 1.186 espectadores. No segundo dia do Festival, com 34 filmes com censura livre e outros 10 com censura a partir de 12 anos, foram 821 os participantes e, no sábado (27), último dia do evento, quando foram apresentados mais 28 títulos com censura livre e outros 14 com censura a partir de 12 anos, 1.671. As solenidades de abertura, encerramento e premiações somaram 19,8 mil.

Instituto Fescine e Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), promotores do evento, disponibilizaram, ao todo, 100 produções com censura livre e outras 34 com censura a partir de 12 anos. Todos concorreram nas 16 categorias premiadas. A solenidade de anúncio dos prêmios ocorreu na noite de sábado (27). O grande vencedor da noite foi o longa “Pureza”, conquistando cinco prêmios: Melhor Ficção; Melhor Longa-metragem; Melhor Atriz, para a protagonista Dira Paes; Melhor Figurino, para Inês Salgado; e Melhor Direção de Arte, para Zé Luca.

“Não menos importantes que Pureza, os outros filmes que concorriam aos prêmios mostraram que o cinema brasileiro vive, passa bem e tem excelentes obras para mostrar, apesar dos percalços que enfrenta com a falta de patrocínio e de investimento”, pondera o chefe de Programas e Projetos da Secel, Dinalberto de Lucca Moreira. O financiamento é oriundo, via de regra, de editais governamentais, leis de incentivo e de um esforço dos produtores. “O brasileiro precisa conhecer melhor a oportunidade de divulgação das suas marcas nesses filmes que, além de excelente nível técnico, perpetuam nossa cultura e empregam milhares de pessoas das mais diversas áreas”, pondera.

Após o anúncio dos vencedores, o Presidente do Instituto Fescine, Nelson Pereira, e o idealizador do festival, o cartunista e produtor argentino Isaac Huna, encerraram oficialmente o evento.

Por causa da pandemia de coronavírus, a terceira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul, que a princípio ocorreria em maio, teve que ser reinventada. Desta vez, o evento foi apresentado on-line, preservando a saúde dos participantes, com um número recorde de inscrições (377), quase 100 a mais que no ano passado, quando houve 280. No primeiro ano do festival, em 2018, foram 230 os inscritos.

  • Imprimir
  • Entrar em contato
  • Link:
Todos os direitos reservados Cezar Miranda