Espeto

Elementar

O vereador Dr. Darlan – Cidadania, está, digamos, numa verdadeira investigação no portal de transparência do executivo, nos moldes do lendário detetive da ficção britânica, Sherlock Holmes, criado pelo médico e escritor Sir Arthur Conan Doyle. Holmes trabalhou como detetive por vinte e três anos, com o Dr. John Watson ajudando-o por dezessete. Só preciso saber quem é o “Watson” de Darlan nessa tarefa. E todos sabem que a fiscalização dos atos do executivo é uma das principais funções do vereador.

Elementar II

Darlan declarou ao blogdoespeto, que está investigando fatos colocados no portal da transparência da prefeitura de São Bento do Sul, desde 2017. E já de início identificou que um veículo de uma certa secretaria, percorria durante vários dias, exatos 190 quilômetros.  “Achei estranho, já que a referida secretaria não faz esse tipo de viagem”, constatou. Elementar meu caro Watson, você com certeza vai encontrar muita coisa estranha, e que não se pode explicar, e nem fazem questão de explicar, mas o povo que paga os impostos precisa saber.

Esquentou o clima

De um lado o ex-prefeito Magno Bollmann, que deve deixar o PP, procura abrigo no PDT de Valmir Forteski, para concorrer a uma vaga na Assembleia. De outro, o também ex-prefeito e empresário (Grupo Tuper), tem dito aos amigos mais chegados, “que se uma tal de guri, for candidato a deputado, eu também serei”. Claro, se referindo ao ex-candidato a prefeito, empresário Ismar Becker. Bom eles que são de Oxford, que se entendam.

Comissionados

Pelos números que apurei, o prefeito Tomazini – PSDB, já nomeou pelo menos, 102 pessoas no seu governo. Dos 121 cargos comissionados disponíveis, já estão na folha de pagamento 102. Sendo 57 vindos de fora e 45 ocupados por servidores efetivos. Então sobram apenas 19 cargos para a ‘tucanada’ que trabalhou na campanha pedindo votos para Tomazini e Tirso, e continuam esperando aquele telefonema do Doutor.

Lojistas

Na noite desta quinta-feira, 04, comerciantes e vereadores se reuniram no plenário da Câmara de Vereadores de São Bento do Sul, pois os lojistas estão temerosos de que o governo do estado venha a decretar um novo lockdown, a exemplo do que ocorreu no início de 2020, quando todo o comércio catarinense teve suas portas fechadas por 14 dias.

Lojistas II

A presidente do Legislativo, vereadora Carla Hofmann, destacou que no momento o que os vereadores podem fazer é uma ponte entre os comerciantes e o Executivo, para tentar minimizar os efeitos de um possível fechamento do comércio.

Lojistas III

Já o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Rafael Celeski, agradeceu aos vereadores por atenderem a esse apelo dos lojistas, sendo que todos os 10 vereadores estavam presentes à reunião. Para Rafael, o maior disseminador da Covid-19 não é o comércio ou a indústria, os quais seguem todos os protocolos exigidos pela Vigilância, mas as festas clandestinas que ocorrem indiscriminadamente.

Aulas presenciais

A Secretaria de Educação de Rio Negrinho já definiu a data de retorno às aulas presenciais no município. Este retorno estava condicionado à aquisição de materiais de proteção individual e coletiva, pois a quantidade disponibilizada no final do ano passado era insuficiente para que a segurança dos alunos e profissionais fosse garantida.

Aulas presenciais II

O secretário da pasta, Sérgio Ivan Piccolli, ressalta que o Estado e municípios vizinhos já tinham previsto no ano passado a quantidade de itens necessários para o retorno, oferecendo segurança para toda a rede. “Ao iniciar os trabalhos na Secretaria foi realizado um levantamento de todos os itens descritos nos PlanCon Edu, homologado em dezembro. Verificou-se que as quantidades de itens solicitados não condizem com a nova realidade, já que a Educação se tornou um serviço essencial através da Lei número 18.032. Foram necessárias atualizações seguindo todos os trâmites para a nova homologação destes documentos”, ressaltou.

Compra de vacinas

Nesta quinta-feira, o Prefeito de Papanduva Luiz Henrique Saliba – PP, enviou à empresa TMT GLOBALPHARM LTD a carta de intenções de compra (LOI – Letter Of Intent) da vacina Russa SPUTNIK contra Covid-19. Na carta o município manifesta o interesse em adquirir 20 mil doses da vacina contra o SARS-COV 2 – Coronavírus, e especifica que as doses serão adquiridas exclusivamente para vacinação da população e não para fins comerciais, aguardando retorno o mais breve possível para que a aquisição seja concluída e todos os habitantes de Papanduva sejam imunizados. As doses seriam adquiridas através dos municípios associados a AmplaNorte.

Compra de vacinas II

Conforme Saliba que preside a AmplaNorte município de Papanduva deverá adquirir aproximadamente 20 mil vacinas via associação, para o enfrentamento ao Covid-19, “estamos cotando preços que gira em torno de R$ 50 reais cada vacina, segunda-feira deveremos providenciar a compra das vacinas para os municípios da região”, falou Saliba.