Cezar Miranda

Notícias e os bastidores políticos de São Bento do Sul, Campo Alegre e Rio Negrinho
Espeto

Convite

Ontem o nome da vereadora mais votada em São Bento do Sul, professora Zuleika – PP, acabou sendo o fato do dia, ela em entrevista ao repórter Luzardo Chaves, confirmou que tinha recebido o convite para assumir a secretaria de educação.

Convite II

O prefeito eleito Dr. Tomazini – PSDB, cobrado sobre esse convite, disse a um dos seus aliados, que na realidade tinha apenas convidado Zuleika, para um encontro, como fez com os demais vereadores eleitos.

Convite III

Mas ontem à noite ela, respondendo ao meu questionamento, disse textualmente – “Fui sondada pela sua equipe, se haveria possibilidade de assumir uma secretaria”. E que “de forma nenhuma deixaria de representar os meus 1537 eleitores”. Enfim, tanto a resposta de Tomazini como de Zuleika, não me convenceram.

Transição

Sobre a equipe de transição, entre os nomes mais prováveis estão, o do advogado Luiz Novaski, o servidor público Clilfford Jelinski e o empresário Geraldo Weihermann. Pelo menos é que circula entre lideranças tucanas.

Equipe

O marqueteiro responsável pela campanha de Tomazini, Marcos Lemos, que foi entrevistado ontem no programa Palavra Livre, questionado sobre se aceitaria um convite para participar do novo governo, disse que sim.

Equipe II

Outro nome que deverá fazer parte do novo governo municipal, é o do Geraldo Weihermann. Até por que, esteve sempre ao lado de Tomazini, principalmente nos momentos de turbulência.

Disputa

Sobre a presidência da Câmara em São Bento do Sul, as notícias de bastidores dão conta que dois nomes já manifestaram esse desejo. A vereadora eleita do PSD, advogada Carla Hofmann e o vereador reeleito Jairson Sabino – PSDB.

Disputa II

Sobre essa disputa, num cálculo frio, Carla sai na frente, pois a oposição ao governo Tomazini, elegeu, supostamente 7 vereadores. Mas como que eu frisei, em política a matemática está longe de ser a regra a ser seguida. E 7 a 3, poderá ter um resultado de 6 x 4, ou 7 a 3 ao inverso. Sem falar, que a caneta de Tomazini poderá ter um peso político, que não se pode desprezar nessa matemática política.

Rescaldo

Após as eleições em São Bento do Sul, já se pode dizer que o MDB, mesmo estando dividido em dois grupos, de um lado o vereador Fernando Mallon e de outro o ex-vereador Lírio Volpi, não se pode desprezar a nova liderança que surgiu, a vice da chapa de Ismar Becker – PSD, a professora Eliane Hübl. Ela foi para a campanha, mesmo sabendo que não tinha todos os pés vermelhos ao seu lado, e conquistou um importante espaço.

Rescaldo II

Sobre alguns derrotados na última eleição, eles precisam saber que a eleição acabou. E que não tem muito poder, na escolha da presidência da Câmara, e outras decisões. E isso é simples de entender, somente quem tem voto tem o poder de decisão. E tenho dito!

Rescaldo II

Foi triste ver o prefeito derrotado Magno Bollmann – PP, concedendo uma entrevista sozinho e abandonado, sentadinho em um banco. Cadê os mal acabados que durante quatro anos receberam gordos salários, e circulam por aí com carros zero? É sempre assim: se ganhamos, ‘nós ganhamos’, se perdemos, ‘ele perdeu’.